GAMIFICAÇÃO NO AMBIENTE CORPORATIVO

Quais são os seus desafios para engajar colaboradores e aumentar a performance das equipes da sua empresa?

Nós sabemos que você é um gestor ou profissional de RH, e imaginamos quantas vezes ao longo de sua carreira você já buscou inovar para conquistar melhorias significativas e resultados através de treinamentos corporativos. Por isso nós queremos ir direto a um assunto que servirá como uma ferramenta promissora para alcançar seus objetivos.

Nós estamos em uma nova era, o comportamento humano mudou muito nos últimos tempos e por isso, aplicar metodologias que envolvam entretenimento, além de um direcionamento mais natural para seus colaboradores, proporcionará um resultado mais efetivo.

Então, a gente te convida para essa leitura, com dicas valiosas que temos sobre gamificação para empresas, uma estratégia atrativa e totalmente voltada ao engajamento de pessoas.

É um método utilizado na indústria de games, mas que vai além dos jogos. A metodologia envolve principalmente a maneira como pessoas tratam as questões, fazendo-as agir de modo competitivo e cooperativo.

Aplicando a estratégia de gamificação para empresas, você proporcionará uma dinâmica atrativa para seus colaboradores, fazendo inclusive com que as relações melhorem e que as pessoas passem a trabalhar em equipe de forma mais natural, obtendo mais foco para os objetivos da empresa.

Em tese, o conceito do gamification está ligado à maneira como se pensa na resolução de um problema, fazendo com que a ação seja naturalmente positiva, exatamente como acontecem nos games, em que o envolvimento na competição está voltado em ganhar o maior prêmio da partida.

Gamificação para empresas com foco em melhoria de resultados

Quais são as metas que o seu negócio precisa alcançar? Captação de novos clientes, redução na taxa de rotatividade de seus colaboradores, aumento de suas vendas gerais ou para um canal específico, melhoria do ROI (retorno sobre investimentos) e muitas outras.

A sua empresa pode ter diferentes objetivos, e o gestor ou profissional de RH estão todo tempo buscando alternativas para estimular pessoas, afinal, é através do engajamento delas que os resultados acontecem. Aliás, os bons e os ruins também, por isso é importante ter uma ferramenta estratégica para te ajudar na missão de concretizar o que se espera.

A partir do treinamento digital gamificado, é possível promover engajamento, e assim atingir melhores resultados, pois ele incentiva a realização das tarefas, conduz colaboradores às metas e ainda consegue mensurar quais foram os gaps ou resultados alcançados.

Treinamento corporativo para engajar pessoas

Você já imaginou algum dia que um guia de ruas pudesse engajar pessoas? Pois bem, talvez você também seja uma pessoa envolvida nisso e ainda não se deu conta. 

Estamos falando do aplicativo Waze, aquele que tem como função e objetivo principal direcionar motoristas ao trajeto desejado com mais facilidade, mas ao mesmo tempo ele é interativo e dinâmico, que disponibiliza informações em tempo real e que motiva a coparticipação através de recompensas nas ações realizadas, como notificar trechos com policiamento, trânsito, acidentes e comentários.

Esse é um exemplo bastante prático sobre como a gamificação para empresas pode mudar a maneira de atuação do seu time.

Já imaginou que uma recompensa virtual pode multiplicar a participação de seus funcionários nos treinamentos corporativos ou que pode conseguir o milagre de reduzir o tempo das ligações em um departamento de televendas, por exemplo, e aumentar simultaneamente o volume de vendas?

Essas são apenas duas situações que colocamos para ilustrar, mas a partir de dados reais,

Treinamento digital gamificado em 5 passos

  Trace uma estratégia com foco no objetivo;

Planeje a mensuração de resultados a partir de dados reais;

Motive a sua equipe! A elaboração de persona, para avaliar e desenvolver a gamificação com sistema de pontuação, missões, níveis e prêmios virtuais ou até reais, serão sempre mais estratégicos;

Viabilize a gamificação através de plataforma própria para treinamento corporativo online, que permite escalar e atualizar de acordo com as necessidades;

Acompanhe os resultados para que os ajustes estratégicos que visam atingir metas possam ser gradativos.

Desenvolver de novas habilidades: Todo jogo tem uma forma lúdica de fazer pessoas experimentarem situações na base da tentativa e erro, e por isso é capaz de desenvolver a criatividade. Além disso, a necessidade de chegar ao próximo nível, estimula o raciocínio estratégico, que vai muito de encontro com a metodologia gamification aplicada – a mesma que é utilizada em games. Com ela é possível melhorar também a agilidade, o poder de concentração e a capacidade de trabalho em equipe.

Alcançar metas e resultados: Marcas como Adobe, Ford e eBay já introduziram projetos de gamificação desde 2010, e além delas, outras dezenas de grandes empresas pelo mundo, por isso conseguem alcançar números e resultados tão expressivos, e o reconhecimento mundial não nos deixa enganar. (Fonte: Huffington Post)

Estimular memórias: Com um conteúdo relevante, é possível envolver pessoas, e aqui entra o storytelling, uma técnica estimuladora de memórias e que opera efetivamente dentro do conceito de gamificantion. Através de imagens, áudios e vídeos, por exemplo, são produzidas conexões sinápticas no cérebro, um recurso importante, que traduzindo em linguagem simples, é o mesmo que acontece após uma pessoa assistir um filme, em que a história marca por muito tempo e até para sempre em sua memória, pois atrai, envolve e encanta.​​

Case 1

Em janeiro de 2018 foi implementado o game Desafios, o cliente era uma grande empresa do segmento financeiro e o objetivo era fomentar as competências corporativas do banco.

Esta  estratégia do lançamento de um game fazia parte de uma ação maior da companhia que visava ampliar o conhecimento sobre as competências do banco e enagjar os colaboradores para a discussão do tema.

O game trazia situações do cotidiano da companhia, e aqueles que mais sabiam como aplicar da forma correta os conceitos relacionados às competências corporativas, venciam os desafios que eram lançados por quizzes de perguntas e respostas.

A ação ficou no ar de 29/01/18 até o dia 07/03/2018 e neste período de pouco mais de 30 dias, todos os colaboradores do banco, em nível Brasil, foram convidados a participar dos desafios de forma totalmente interativa, ou seja, respondendo aos desafios recebidos, ou lançando desafios aos colegas de trabalho.

Isso demonstra que a ação dependia totalmente do engajamento dos colaboradores para ser efetiva, e o resultado atendeu as expectativas, veja:

PARTICIPAÇÃO TOTAL 38.88%
PARTIDAS CONCLUÍDAS 69.79%
  • Total de acessos: 7.105
  • Total de partidas: 10.871

Outros fatos interessantes: e 14 diretorias, que disputavam o ranking do game Desafios diariamente. E a mecânica do game teve que restringir à possibilidade de jogar apenas 10 desafios por dia, tamanho envolvimento dos colaboradores.

Mas, mais relevante que os números atingidos com esta ação, foi o resultado representado no dia a dia dos profissionais, pois os temas começaram a fazer parte dos grupos de conversas.

As pessoas discutiam espontaneamente sobre as competências e suas respectivas aplicações. Todos estavam muito interessados em conhecer a fundo, para poder se colocar bem na competição.

Com isso, concluímos que este treinamento gamificado teve o principal objetivo atendido: colaboradores engajados no tema em questão.

Case 2

Mais uma ação surpreendente, também com o tema de competências corporativas, desta vez para uma grande empresa do setor de seguros.

O game ficou no ar de 19/08/19 a 30/08/19. Ou seja, durou apenas 2 semanas e o resultado foi ainda mais expressivo em relação à outra experiência com ações gamificadas que trouxemos aqui, veja:

PARTICIPAÇÃO TOTAL 58.4%
PARTIDAS CONCLUÍDAS 87.7%
  • Total de acessos: 2.068
  • Total de partidas: 10.708

Não restam dúvidas de que treinamentos gamificados são realmente efetivos. Afinal, com estes resultados podemos afirmar que quando há o elemento de competição atrelado a um tipo de conhecimento, as pessoas são bem mais participativas. A experiência de jogador passa a fazer parte do mindset do colaborador, que tem um desejo de conhecimento alimentado pela fome de vencer na competição.

Os elementos “desafio” e “recompensa”, mesmo que em ambientes virtuais, impulsionam a participação das pessoas.

E sabemos que um engajamento de 58,4% de colaborares em ações educacionais é motivo de comemoração! 

E então, que tal começar a inovar os seus treinamentos corporativos, utilizando o método gamification para melhorar o desempenho de sua equipe e de seus resultados?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *