Preparado para ler este artigo? Então, se ajeite na cadeira!

Apesar de algumas empresas já adotarem o home office antes da pandemia Covid-19, ele ficou mais popular no Brasil em 2020, fazendo com que trabalhar de casa fosse uma realidade para ainda mais pessoas.

Trabalhar de casa pode ser muito bom, mas nem sempre o ambiente está preparado para o trabalho e, isso, a médio ou longo prazo, pode acarretar problemas posturais ou até mesmo em consequências mais sérias à saúde. 

 

Por isso, preparamos este artigo especialmente para você, que atua no RH de uma empresa que adotou o home office como padrão e que sabe do desafio que é manter o bem-estar dos colaboradores. 

 

Hoje, vamos falar sobre “Ergonomia”!

O ambiente afeta a saúde e a produção no home office 
Muitas pessoas optam por montar o home office de forma improvisada. Utilizando, por exemplo, a mesa da cozinha, a própria cama ou até mesmo o sofá. Mas, com o passar das horas, a acomodação nesses locais fica desconfortável e cansativa, dificultando o trabalho e prejudicando o rendimento.

Embora possa parecer pouco importante, a mobília pode ser sim um grande problema, já que acaba por causar dores nas articulações, por causa da má postura.  

 

Então, se a sua empresa não oferece equipamentos e acessórios para os funcionários, procure orientar as pessoas para que elas possam encontrar meios de criar um ambiente ergonômico no home office.

 


Dicas que você pode dar para seus colaboradores criarem um ambiente ergonômico para o home office
 

Alguns cuidados simples fazem toda a diferença para tornar o home office mais confortável e saudável.  

  

Listamos algumas orientações que você pode dar para quem usa desktop:

 

  • O excesso de luminosidade do cômodo onde costuma trabalhar pode trazer um desgaste visual; 
  • Evite reflexos diretos na tela, posicionando o monitor contra os raios solares ou de luz artificial direta; 
  • Deve-se ter atenção em relação à sua postura, para evitar dores. A coluna deve ficar reta, evitando curvaturas;  
  • A tela do computador deve estar sempre à altura dos olhos; 
  • Antebraços precisam ficar sempre apoiados na mesa, evitando apoiar apenas os punhos, pois, caso contrário, pode ocorrer tendinite; 
  • As articulações dos cotovelos, quadril, joelho e pés devem estar relaxadas, a 90° do corpo, a fim de facilitar a circulação do sangue por toda a estrutura física; 
  • Regular a altura da cadeira se for possível. Esse ajuste de altura deve ser feito de uma maneira que não haja pressão na parte posterior da coxa no intuito de não comprimir essa região corporal; 

Para quem usa notebooks, é necessário a iluminação adequada que comentamos e para manter a postura correta, neste caso, também indicamos:

  • Ter um teclado e mouse extras, para não sobrecarregar os antebraços;
  • Colocar o notebook sobre algum objeto ou suporte. Pode-se usar até mesmo livros e/ou revistas; 

O psicológico e o ambiental também fazem parte da organização 
Mesmo que não aparente, o trabalho home office traz também consequências no psicológico. 

Isso pode acontecer pela necessidade em passar o dia em frente ao computador, gerando estresse e preocupação em não se distrair com as emergências domésticas e familiares (algumas até engraçadas). 

O ideal é o colaborador sempre tirar uns minutos para fazer outras atividades, isso o faz relaxar e, assim, não deixar sua mente ficar sobrecarregada e influenciar na sua produtividade. Então, incentivo-o a fazer pequenas pausas de 5 ou 10 minutinhos, seja para tomar um ar, beber uma água, alongar-se um pouco etc. 

Outra dica bem bacana e que faz muita diferença para ele manter a qualidade de vida no home office, é seguir uma rotina normal, como se estivesse saindo para trabalhar.

Então, oriente eles a quando iniciarem a jornada de trabalho, se prepararem como se estivessem indo para o escritório, isso faz com que seu cérebro mantenha o foco nas atividades.

É importante também que eles respeitem os horários das refeições. Se alimentar e estabelecer horários ajuda a desenvolver um bom desempenho e fluxo no trabalho.

E, por fim, para que o colaborador não tenha problemas de concentração, indique trabalhar num local da casa com menos ruídos e menor circulação de pessoas.

Esperamos que estas dicas possam ser úteis no desempenho dos seus colaboradores e seu também!

Para a HAPPMOBI, ergonomia e trabalho são pensados de forma a andarem juntos, por isso, desenvolvemos esse treinamento que vai ajudar você e os colaboradores da sua empresa a compreenderem os princípios de ergonomia no home office. Que tal conhecer? 

  

Clique aqui e conheça nosso treinamento sobre ergonomia no home office. 

  

Até breve!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *